Colheita de 2013: a magia de setembro

Eu gostei muito da safra de 2013 porque ela foi emocionalmente intensa. A primavera era fria e húmida, o verão não era muito quente, tudo pressagiava uma vindima ruim, mas setembro tem resolvido tudo: eu diria que foi um mês climaticamente perfeito. A colheita deste ano concentrou-se no mês de outubro, algo que não tinha acontecido durante anos, eu a considero uma safra antiga, onde a habilidade do produtor será essencialmente sentida. Como sempre, tentamos chegar a uma maturidade máxima dos polifenóis, espero especialmente que nos nebbiolos os riscos assumidos darão resultados daqui alguns meses quando o vinho estará terminado.

IMG_5410 copia

A safra de 2013 me fez entender as qualidades e os defeitos de algumas das minhas vinhas e alterou algumas das minhas crenças e escolhas. É muito cedo para julgar a vindima, mas eu acho que o nebbiolo ama as dificuldades e essa é uma clássica safra que nos faz relembrar a diferença entre uma videira normal e uma nobre.

IMG_5366 copia