Vindima 2014 concluída, os meus votos…

uva nando

Vindima 2014 concluída, todas as uvas estão agora na adega o momento tão esperado, que alívio! É um ano que será inesquecível, escrito no tempo, caracterizado por incertezas devido ao clima, ao trabalho exigente nas vinhas, aos altos custos, ao dispêndio de energia física e mental que fez esta safra difícil, mas emocionante.

Cultivar vinhedos biológicos nesta safra é um desafio, reforça convicções e nos ensina que a sustentabilidade vitícola é o único caminho possível para o futuro.

L' umidità al mattino è stata una caratteristica di molte giornate di quest'anno

L’ umidità al mattino è stata una caratteristica di molte giornate di quest’anno

A humidade que tinha de manhã foi uma característica de muitos dias este ano

Mas vamos passar à votação de 0 a 10 para cada variedade de uva. Obviamente as avaliações são mutáveis ao longo do tempo, as mudanças no envelhecimento podem ser surpreendentes, especialmente no nebbiolo, então por isso estou me referindo aos meus sentimentos e aos dados analíticos:

 

Dolcetto voto 5-6

É a uva preta que mais sofreu, a razão é simples: videira precoce, a falta de tempo quente e ensolarado no verão não permitiu que as uvas amadurecessem bem. Teremos um vinho decididamente menos alcoólico, mais leve, para aqueles que se queixaram dos dolcettos a 14,5% vol. De álcool. Espero que sejam satisfeitos :))

enrico assaggia

BARBERA voto 6 1/2

O barbera ama o calor e o ano 2014 não o ofereceu muito sol, apesar disso, eu acho que os desbastes do verão deste ano foram resultados fundamentais para chegar ao ponto justo do grado de maturação das uvas; se eu tivesse que voltar no tempo eu seria ainda mais drástico na seleção dos cachos do que tenho sido. Nos primeiros dias de setembro, eu era realmente pessimista a respeito da qualidade das uvas, mas acho que as duas semanas meadas de calor e sol, impediram que as vinhas se tornassem um verdadeiro desastre . Fiquei surpreso da capacidade de recuperarão do atraso acumulado nos meses de verão. Há acidez elevada, eu acho, portanto, que a fermentação pós-maloláctica, será crucial para estabelecer uma melhoria ou um agravamento da minha avaliação.

 

castello

NASCETTA voto 8

A exposição ao norte das minhas vinhas nascettas, em um verão chuvoso e frio como este, me fizeram pensar em um desastre iminente, mas a nascetta, mais uma vez, me surpreendeu: cachos saudáveis, peles grossas e perfumadas. Este ano me fez perceber como esta uva com um amadurecimento tardio, ama o frio, e eu acho que a sua natureza é tornar-se um vinho fresco, ácido, mineral durante o processo de envelhecimento. Eu espero muito desse nativo branco de Langa.

 

Nebbia

NEBBIOLO voto 7/8

Grappolo di nebbiolo in seguito a taglio della sua punta

Grappolo di nebbiolo in seguito a taglio della sua punta

Cachos de Nebbiolo logo depois do corte de suas pontas

 

Nebbiolo é um campeão e como os verdadeiros campeões, se destacam nos jogos difíceis. Esperto e dissimulado, quase indiferente durante o verão chuvoso, esta vinha sempre me deu a sensação de nunca sofrer, mesmo nos muitos momentos de grande pessimismo, nunca me deu uma impressão negativa. Admito que a remoção das pontas vermelhas das uvas e a remoção total das folhas dos cachos foi uma escolha arriscada, mas competente. A nebbiolo provou a sua força, a sua capacidade de resistir e aumentar os valores de maturação lentamente e progressivamente. Eu teria preferido  deixar as uvas na videira por mais uma semana / 10 dias para ter uma maturação fenólica excecional, mas as previsões do tempo para meados de outubro eram ruins, então eu decidi fechar a colheita no dia 11 de outubro. O voto de 7 e meio é cauteloso, mas eu acho que com o envelhecimento poderia facilmente ultrapassar o 8. Sou otimista!

 

Follatura manuale del tino del nebbiolo dal Barolo della vigna Briccolina

Follatura manuale del tino del nebbiolo dal Barolo della vigna Briccolina

A trituração manual do Nebbiolo de Barolo na vinha Briccolina